Mirella - Tamit II.

"Os últimos dias de Tamitzaa"!

Mirella - Tamit II.

Postby Gereth » 03 Dec 2010, 12:59

Mirella

Nome: Mirella (Tamit II), também conhecido como “A jóia de Tamit-Zaa” e “Par-áh-Ihso” (nomenclatura xenos – Eldar).

Segmentum: Segmentum Tempestus

Setor: Loki

Sub-setor: Hagnarok

Sistema: Tamit-Zaa

População: 12.000.000 (estimada)

Afiliação: Império – Presença do Ordo Xenos.

Classe: Agri World/Garden World

Geologia: Mirella era originalmente um “Maiden World” antes de sua colonização pelo império. “Maiden Worlds” são paraísos verdejantes criados através de um avançado processo de terraformação pela raça xeno conhecida como Eldar (vid. Ref. 000000-00001-23). O planeta é formado quase que inteiramente por planícies e vales recortados por inúmeros cursos d’água. Causou estranheza aos primeiros colonizadores o fato de Mirella não possuir nenhum mar ou oceano. Tal mistério persistiu até o descobrimento do mar interior. Através de sondagens descobriu-se que o interior de Mirella é oco e que toda a água do planeta circula constantemente entre os rios na superfície e o mar interior produzindo o fenômeno conhecido como “correntes convergentes nutritivas” (vid. Ref. 000000-3456-Xen-b) responsável pelo sustento da vida no mar interior ao prover as formas de vida microscópicas, bases da cadeia alimentar, com os micro nutrientes necessários a sobrevivência destes organismos.

Ecologia: Como todo planeta terraformado pelos Eldar Mirella possui um rico ecossistema. Formas de vida vegetal são abundantes e extremamente variadas merecendo destaque aqueles da família Lauraceae especialmente as do gênero giganticus, espécie nativa de médio porte cultivadas em larga escala no planeta para extração de seus frutos (ovóides de cerca de 30-40 cm de comprimento e casca dura) com dupla finalidade posto que a polpa de suas frutas possuem alto teor nutritivo e, quando processado, gera o composto principal para produção de rações militares de ponta empregadas por regimentos da guarda imperial em todo o sistema. A segunda finalidade é a extração das sementes de seus frutos, frutos que dão origem ao nome comum das frutas “Abacabrum”. As Lauraceae Giganticus possuem um sofisticado sistema de absorção de nutrientes que permitem que as plantas se alimentem de todo e qualquer composto presente no solo (o que responde por sua alta adaptabilidade), porém, qualquer composto nocivo é armazenado no interior das sementes de seus frutos e metabolizado em um poderoso explosivo orgânico (Plantex –XpiR – vid. Ref. O1223000-XXXXX). Essas sementes são exportadas in natura para processamento fora do sistema.

A fauna local é tão exuberante quanto a flora, porém sem espécies dignas de nota no que diz respeito a sua exploração econômica. Duas formas de vida porém são bastante conhecidas no sistema a primeira e mais infame delas são os Chupiscum Plantae Ovata, popularmente conhecidos como carrapatos de planta, que impregnam as plantações de Lauraceae Giganticus nativas. De comprimento aproximado de 30 cm esses insetos receberam o nome de carrapatos de planta por parasitarem as árvores de “Abacabrum” sugando sua seiva nutritiva de forma parecida como carrapatos comuns fazem com o ser humano e outros animais. Esses animais mimetizam as cores e formato dos “Abacabrums” misturando-se aos frutos. É no momento da colheita dos “Abacabrums” que os carrapatos de planta revelam seu potencial danoso já que, junto com a seiva nutritiva da planta. frequentemente esses animais se alimentam do composto explosivo organico que a árvore produz. Assim ao serem arrancados das plantas junto com os frutos os carrapatos acionam seu letal mecanismo de defesa: Eles explodem com um terrivel custo à produção posto que matam os catadores, um custo menor, e destroem as plantas gerando um alto custo de reposição.

Outra forma de vida digna de nota são os Dicotossaurus Alurus presentes nos rios e mar interior de Mirella. Popularmente conhecidos como “Demônios D’agua” pela população local os Dicotossaurus Alurus são répteis com morfologia crocodiliana de grande porte (10-12 metros de comprimento em média) e de apetite voraz se alimentando de qualquer coisa que consigam capturar. É famoso o registro em vídeo que mostra um desses animais destruíndo um Land Raider do capítulo dos Black Templars quando este vadeava um curso dágua durante a 3ª ofensiva Eldar em M40. O vídeo mostra o momento em que o “Demônio D’água” emerge do leito do rio abocanhando a parte frontal do Land Raider e arrancando a escotilha de acesso para alimentar-se do esquadrão de Exterminadores transportado dentro do veículo. O ataque só foi rechaçado com o fogo maciço de dois esquadrões de devastadores que acompanhavam a manobra da margem e cujos disparos afugentaram a criatura. Um disparo a queima roupa de uma multi melta efetuado por um dos tripulantes que manejaram a arma na cupola não penetrou a couraça da criatura. (vid. Pic. File 000000000000010-1).

Economia: Os principais produtos de exportação do planeta são a polpa pré-processada das frutas da Lauraceae Giganticus e as sementes em natura da mesma fruta.

Principais Cidades: Inexistem no planeta grandes cidades. Toda a população se encontra pulverizada na faixa equatorial do planeta em comunidades de cerca de 40-50.000 habitantes que exploram o plantio e extração dos frutos popularmente conhecidos como “Abacabrums”. A alocação de pessoal nessas comunidades de trabalhadores é determinada pelo responsável local em “Las Estrelas”, sendo o fluxo de pessoas constante de forma a repor as baixas nas colheitas. Não existe falta de trabalhadores pois, embora mortal, a colheita e plantio de Abacabrums é uma das atividades mais rentáveis no sistema. Além disso muitas pessoas vêm para Mirella com o intuito de esquecer, ou, fugir de seus passados literalmente desaparecendo na imensidão verde do planeta misturando-se à força laboral. O maior agrupamento populacional se dá no espaço porto local, “Puerto de Las Estrelas” como é conhecido ou somente “Las Estrelas” onde se concentram também os armazéns de estocagem e as fábricas de pré-processamento. Embora seja amplamente automatizado “Las Estrelas” acaba se tornando o maior grupamento da população local que se dirige até lá para todas suas necessidades sejam elas licitas, como a aquisição de viveres e diversão, ou ilícitas, como o amplo consumo de substâncias entorpecentes e ilegais pelos trabalhadores locais atesta.

Política: Mirella não possui um governante. A produção de “Abacabrums” e o funcionamento do espaço porto são ambos chefiados por um representante dos cartéis responsáveis pela distribuição da produção no sistema. Este representante é comumente chamado de “Chefe de produção” ou mais popularmente “El chefe”. Politicamente o planeta se submete ao governo imperial de Shanti. O atual Chefe de Produção de Mirella é um antigo pirata estelar chamado Piovo Sliutare.

Força Militar: Mirella não possui uma força de defesa planetária. Existem em órbita do planeta duas estações de defesa automatizadas manejadas por servidores. Existe ainda uma guarnição de cerca de 1000 homens permanentemente baseada em “Las Estrelas”. Embora não tenha qualquer autoridade de fato sobre esse regimento este, como cortesia, atende ao “El Chefe” no que diz respeito ao policiamento e repressão no espaçoporto. Qualquer ação militares se dá sempre sobre as ordens precisas do comando em Shanti.

Pontos de Interesse:

• As plantações de Lauraceae Giganticus: Concentradas em toda a faixa equatorial de Mirella encontram-se as plantações das árvores de “Abacabrum”. Embora tais plantas sejam capazes de se fixar e produzir em qualquer tipo de terreno é nessa faixa do planeta que a produção atinge seu pico. A floresta nativa nesses locais foi completamente destruída, assim como estruturas de origem desconhecida (Vid. Warp gates abaixo – 0125892-XENO) para dar lugar às interminaveis fileiras de Lauraceae Giganticus;

• Warp Gates: Existem em todo o planeta construtos de origem alienígena, possivelmente Eldar, identificados por agentes imperiais como sendo “Warp Gates”. Em teoria tais construtos permitiriam que essa raça alienígena se transportasse até o planeta e uma vez aqui se deslocasse rapidamente por sua superfície porém, até hoje, isso nunca foi verificado;

• Instalação LV-426: Fora da faixa equatorial o planeta foi deixado praticamente em sua forma original com ricas e quase impenetráveis florestas nativas recobrindo o planeta. Ao norte e ao sul da faixa equatorial a temperatura do planeta diminui, porém inexiste a formação de calotas polares. Abundam rumores em todo o planeta, assim como no sistema, que existiria ao norte do planeta uma instalação inquisitorial ligada ao Ordo Xenos. Rumores apontam ainda que tal estação estaria dedicada à pesquisa de letais organismos alienígenas e que as cercas que podem ser encontradas no perímetro da estação serviriam ao duplo propósito de afastar invasores e não permitir que o que quer que esteja sendo estudado lá não escape. A despeito de qualquer rumor a população local não se aventura muito além da faixa equatorial onde se concentra a plantação dos “Abacabrum”.

Segue vídeo relato aonde um time de exploradores recém chegados ao planeta afirmam que, seguindo a partir de “Las Estrelas” em direção ao norte, teriam encontrado em meio a floresta nativa uma cerca aparentando ser do mais puro adamantino (vid. Ref. Xxx-01901846-D) e mais tarde teriam sido atacados por soldados com armamento alienígena conforme video depoimento anexo do qual se extrai o seguinte trecho:

“...Nóis quiria achar uma ária pra pranta os Abacabrum, mas tinha qui se uma terra ixpeciar... Sim, pusquê as outra ária já foru prantada dimais i cum terra miór os abacabrumteiro produiz muito mais... Nóis sigumo rumo norti pur uns dia marchanu bastanti pur dia até qui cheguemo numa cerca arta. Ela era dum metal diferenti, meio preteado meio isverdiado e bem arta mermo... uns treis metru di artura... lá im riba dava di vê uns raiu leisi cumu si fossi uma cerca di raiu...” (vid. Pic. Capt. 0000098765-c)


Os exploradores continuam sua narrativa até o momento em que apontam ter entrado em conflito com soldados fortemente armados e treinados.
“... Craro que nóis axemo istranhu a tar cerca. Nóis adecidimo sigui a cerca pra ver ondi terminava mais depois de uns dias nois cansemo di tanto anda e num chegava no fim. Di tempu im tempu nóis axava umas praquinha ondi tava ixcrito assim ó (o entrevistado apresenta um decalque feito a partir da placa supostamente encontrada na cerca onde lê “LV-426 - Containment Zone – Tresspassers Will be executed on sight”) … nóis também axamu isso nas praquinhas … eu arranquei uma (O entrevistado apresenta ao entrevistador um símbolo da inquisição em baixo relevo)... “nóis tava cansadiu e iamu volta pras Estrela quando esses monstro surgiro Du nada atiranu... era uns 5 carreganu uns canhao cum uma mao só... naum naum...num era Verdi naum.... naum... tamém num era magrinho naum... eles era qui nem eu o ocê mais era maio... maio que um humano i eles tinha uma ‘madura (sic – Armadura) preta ... a gente quase num via eles si num fosse o brio vermeio nos oios i aquele braçu pratiado... eles xegaru atiranu... u Cid tomou um balaço di raspaum na barriga i quando viro pra ieu cum medu nus óio ieu vi ele sumi numa bola di luiz qui consumiu metadi das arvre tamem... fico uma bola assim como si tivessi disintegradu num formatu do bola sabi... o Anicleto correu i tomo um tiro dessi monstro i caiu... nu que ele caiu ele ixpludiu di dentro pra fora sabi? ... Eu corri uai... corri bem duro mermo i só parei quando cheguei nas Estrela i os guarda mando eu para... eles trouxi eu aqui i... ai meu imperador u qui é isso”


O vídeo termina abruptamente com a tela preta.
User avatar
Gereth
The Painting Frog
 
Posts: 2151
Joined: 25 Jul 2009, 22:33
Location: Cuiabá - Mato Grosso

Re: Mirella - Tamit II.

Postby Gereth » 05 Jan 2011, 21:49

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Estevão “Gereth”
Jogador “DESORDEM”: Valter “Ualter”.
Número de pontos da Partida:1500
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: ORDEM – Estevão “Gereth”.


++Inicio da transmissão++
++++++++++++++++++++++++++++
++++++ =][= +++++++

++30453.M41++
++Pensamento do dia: Uma mente vazia é uma mente leal.++


+++Desencriptador Astropático++++++
+++Estação de vigilância – Espaço Porto de Mirella+++
+++Destinatário+++ Lorde Inquisidor Tirus+++

+++Meu lorde+++Nossas unidades de reconhecimento orbital apontam que na data de ontem uma pequena frota de naves identificadas como pertencentes aos xenos TAU adentrou a órbita de Mirella engajando modo de ocultamento e fugindo aos nossos sensores ao assumir órbita geo-estácionária+++

+++Enviamos batedores para a última posição computada em nosso sistema+++Os batedores confirmaram o desembarque de um pequeno contingente TAU em uma seção abandonada do espaço porto+++ os xenos rapidamente deram inicio ao processo de fortificação e consolidação de sua posição, porém, foram atacados e expulsos do local por uma força da XXXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=)+++Segue o relato fornecido por nossos batedores que acompanharam o combate+++Acompanham o relato picto capturas do servo crânio XT-721 que acompanhava a unidade+++claramente houve alguma pane ou mau-funcionamento da unidade visto que todas as picto capturas em que aparecem os supostos space marines da XXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=) apresentam maior ou menor grau de distorção++++


+++Log de missão 003+++

++0300 horas++Acabamos de adentrar o perímetro abandonado de “Las Estrelas”++Toda a área mostra sinais claros de infestação por um organismo xeno desconhecido++Estruturas orgânicas estão aparentemente consumindo toda a biomassa presente bem como estruturas metálicas++Operativos orientados para evitar todo e qualquer contato com as estruturas++

Image


Image

++0334 horas++Individuos da Xeno espécie identificada como TAU acabam de desembarcar e estão ocupando posições fortificadas++Estão sendo liderados por um individuo em armadura vermelha portando uma imensa espada++Presença moderada de tanques++

++0400 horas++Os TAU continuam o processo de fortificação dos prédios e posições ocupadas++Lider principal do destacamento identificado como sendo o capitão renegado O’SHovah++Presença de líder secundário - auxiliar de campo+++++

Image

++0408 horas++Uma bruma de origem desconhecida circunda nossa posição e oo terreno ocupado pelos xeno++Previsões indicavam noite clara durante toda a missão+++

++0412 horas++Acabam de surgir em meio a névoa um land raider dos space marines acompanhado por um dreadnought++O Dreadnought abriu fogo contra a unidade de infantaria (File X001-Tau – Designação Fire Warrior) ocupando o prédio fortificado++Atemorizados com as baixas sofridas os soldados alienigenas fugiram na direção do inimigo++Após o avanço inicial uma unidade de terminators desembarcou e assaltou o líder Xeno identificado como O’Shovah e outros dois alienígenas em grandes armaduras++O dreadnought separou-se do destacamento principal e assaltou a unidade de infantaria (File X001-Tau – Designação Fire Warrior) em que havia atirado++O assalto conduzido pelos exterminadores foi mais eficiente eliminando o líder O’Shovah e fazendo fugir os outros dois alienígenas em armaduras++No lado norte da posição ocupada pelos TAU podemos identificar o surgimento de dois esquadrões táticos de Space Marines convergindo sobre posições ocupadas pelos TAU++Não nos é possível identificar ainda a qual capítulo pertencem os Space Marines++Todas as picto-capturas até o momento apresentam distorção+++

Image

Image

Image

Image

++0423 horas++Respondendo ao ataque dos Space Marines os TAU reposicionaram-se e abriram fogo causando algumas baixas entre os esquadrões táticos e destruindo o Land Raider com um tiro certeiro de seu armamento característico – a Railgun+++Mesmo estando a considerável distancia do confronto o estampido da munição ultrapassando a velocidade do som causa considerável desconforto++A unidade de armaduras xeno posta em fuga no inicio da batalha continuou correndo e evadiu-se do campo de batalha++

Image

Image

Image

++0425 horas++Os TAU fogem como ratos ante a ofensiva dos Space Marines++No lado norte um guerreiro altivo aparentando ser o capitão da companhia e seu esquadrão de comando avançaram contra o tanque TAU (File X012 – Designação Hammerhead) assaltando-o sem muito efeito++Ao Sul os exterminadores após consolidarem sua posição avançaram em direção ao flanco oeste para onde o auxiliar de campo de O’Shovah estava sendo empurrado pelo avanço de um dos esquadrões táticos++Para melhor acompanhar a movimentação no campo de batalha e buscar uma identificação segura destes valorosos Space Marines irei me aproximar++O imperador protege++

Image

Image

Image

++0445 horas++Encontrei dificuldade para chegar incólume ao meu novo ponto de observação++Pelo trono do Imperador estes Space Marines são membros da XXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=)++Suas armaduras são decoradas com chamas que parecem ser reais e que bruxuleiam enquanto eles avançam++A XXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=) não emite nenhum brado de batalha enquanto avança sobre os xeno++O silêncio destes marines só é quebrado pelo incessante disparo de suas armas++Enquanto avançava até aqui o servo crânio que acompanha nosso destacamento continuou gravando a batalha++aparentemente a batalha está vencida pela XXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=)++O capitão da companhia aproveitando-se da carga anterior assaltou e destruiu uma segunda unidade de infantaria (File X001-Tau – Designação Fire Warrior)++A unidade que o acompanhava foi completamente destruída mas ainda assim o capitão investiu contra uma unidade de duas armaduras xeno (File X006-Tau – Designação Crisis Suit) destruindo-as++Após desvencilhar-se do combate com a unidade de infantaria (File X001-Tau – Designação Fire Warrior) o dreadnought da XXXXXXXXX (deletado pela inquisição =][=) investiu contra outra unidade de duas armaduras xeno (File X006-Tau – Designação Crisis Suit) destruindo-as em combate++Ao norte o esquadrão Tático e um razorback moviam-se acossando o auxiliar de campo xeno enquanto pelo sul os terminators avançavam para, num clássico movimento de pinça, assaltá-lo em alguns momentos++Percebendo que a batalha estava perdida o auxiliar de campo desengajou do campo de batalha++Em outro ponto do campo de batalha o tanque (File X012 – Designação Hammerhead) que acompanhava o destacamento decolou+++

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

++0455horas++ Os Space Marines da XXXXXXXXXXXX(deletado pela inquisição =][=) estão deixando silenciosamente o campo de batalha desaparecendo em meio a bruma++Nenhum dos corpos dos marines abatidos ficou para trás+++

++Fim do relatório++

++O batedor em questão jamais retornou++Seu corpo foi encontrado juntamente com o restante da unidade que o acompanhava++a presente mensagem foi recuperada juntamente com um segundo log de missão++O segundo log será encaminhado assim que terminarmos a desencriptação++
++Seu servo++
++Acólito Machiatus++


++Fim de Transmissão++
User avatar
Gereth
The Painting Frog
 
Posts: 2151
Joined: 25 Jul 2009, 22:33
Location: Cuiabá - Mato Grosso

Re: Mirella - Tamit II.

Postby Gereth » 08 Jan 2011, 00:55

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Estevão “Gereth”
Jogador “DESORDEM”: Valter “Ualter”.
Número de pontos da Partida:1500
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: DESORDEM – Valter “Ualter”.



+Inicio da transmissão++
++++++++++++++++++++++++++++
++++++ =][= +++++++

++30453.M41++
++Pensamento do dia: Ignorância é uma virtude.++


+++Desencriptador Astropático++++++

+++Estação de vigilância – Espaço Porto de Mirella+++

+++Destinatário+++ Lorde Inquisidor Tirus+++

+++Meu lorde+++Segue em anexo o segundo relato gravado pelos batedores enviados para acompanhar a movimentação dos TAU em Mirella+++

++++

+++Log de missão 004+++

++2200 horas++Após o combate anterior os poucos TAU sobreviventes recuaram++ Descemos então até a área do combate confirmando que nenhuma baixa dos Space Marines da XXXXXXXX (deletado pela Inquisição =][=) permaneceu no campo de batalha++O mesmo não pode ser dito dos impuros TAU++Empilhamos e queimamos seus corpos e ocultamos os trajes de batalha para posterior estudo antes de entrarmos na floresta seguindo os fugitivo++

++2300 horas++O covarde auxiliar de campo de O’Shovah se reagrupou a um segundo destacamento TAU++Aparentemente este segundo destacamento seria um reforço para o destacamento original++Parece haver alguma confusão enquanto o Auxiliar de campo discute com o líder deste segundo destacamento++

++2322 horas++O líder TAU identificado como O’Shovah acaba de juntar-se ao grupo++Obviamente ele não foi morto no ataque da XXXXXXXXXXXX (deletado pela Inquisição =][=) ou existe outro Xeno vestindo sua armadura++Aparentemente os covardes decidiram recuar e deixar o planeta após as horríveis baixas do confronto inicial++O batedor D’Bruces apontam que eles se dirigem para uma área com algumas construções no limite da floresta para aguardar as naves de evacuação++

Image

Image

++2334 horas++Os TAU ocupam posições nos edifícios abandonados uma vez mais uma bruma densa começa a circundar as posições ocupadas pelos aliens++Pelo Imperador é a XXXXXXXXXXXXXX!!(deletado pela Inquisição =][=)++Um land raider avança sobre as ruínas ocupadas por um time em armaduras de batalha++ Uma vez mais o Land Raider abre suas portas e por elas desembarca um esquadrão em terminator armour que avança destemidamente sobre os TAU dizimando-os++O Land raider é seguido de perto por um razorback, um dreadnought e dois esquadrões táticos++

Image

Image

Image

++2337 horas++Os TAU revidam o ataque++O volume de fogo é inacreditável++O’Shovah avança com guarda costas sobre os exterminadores+++

++2340 horas++Os marines da XXXXXXXXX (deletado pela Inquisição =][=) continuam seu avanço inexorável em direção ao inimigo++ O tanque TAU (File X012 – Designação Hammerhead) foi destruído++O líder inimigo O’Shovah foi abatido em assalto uma vez mais++

++2344 horas++Os TAU continuam recuando e atirando um volume de fogo imensurável contra a XXXXXXXXXXXX (deletado pela Inquisição =][=)++Eles estão rechaçando o ataque marine ganhando tempo para evacuarem++Enormes naves (File X023 – Designação Orca) estão descendo++Os TAU correm em direção à elas++Pelo Imperador nãããããããão ...+++

++Fim do relatório++

++Meu lorde++Reitero que a mensagem anterior assim como esta e as picto capturas incluídas em ambas foram encontradas junto ao corpo do líder dos batedores++Autópsia indica que foram alvejados por projeteis de energia característicos tau++Os danos apresentados indicam grande volume e concentração de fogo condizente com os canhões de rajada empregados pelas armaduras TAU++Não foram encontrados no local em que foram encontrados os corpos ou no local do segundo confronto quaisquer sinais da presença da XXXXXXXXXXXXXX(deletado pela Inquisição =][=) conforme relatado++As picto capturas novamente apresentam distorção tornando impossível identificar o que ou quem atacou os TAU forçando-os a retirar-se do planeta++A última delas, tirada a poucos metros antes do servo crânio ser alvejado e inutilizado seria perfeita para identificação mas mesmo em tão pouca distância a distorção nas imagens se manifestou novamente++Os alienígenas conseguiram sucesso em sua retirada do planeta escapando da completa obliteração++

++Seu servo++

++Acólito Machiatus++


++Fim de Transmissão++
User avatar
Gereth
The Painting Frog
 
Posts: 2151
Joined: 25 Jul 2009, 22:33
Location: Cuiabá - Mato Grosso

Re: Mirella - Tamit II.

Postby voidbr » 10 Jan 2011, 22:35

BR – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”:Voidbr (eldar)
Jogador “CHAOS”:R15 (tyranids)
Número de pontos da Partida: 1000
Frente de Batalha: ground control
Vencedor: Empate

Alguns meses antes do ultimo dia de Tamit-zaa, em algum setor de Mirella


-Senhor, localizamos o ninho de Tyranids.
-Chamem Turen e preparem o ataque. Diz o Farseer Kimen-endil.

Na manhã seguinte, nas ruinas de um antigo loteamento imperial.

"CONTATO"
Abram fogo! Atirem á vontade!
Image

Grupo tomando posições no centro.
Image

Turbo boost das banshees para trás das posições tiranids, e inicio das trocas de tiros.
Image

Rangers abrem fogo nas gargoyles, porém nao é suficiente...
Image

Tervigon aparece no meio das tropas...
Image

... e frita dois warlocks.
Image

As Gargoyles assaltam os Pathfinders...
Image

...e colocam eles pra correr.
Image

E no centro do combate, o Farseer finaliza o tervigon
Image

No flanco direito, os Genestealers aparecem, pegando o warwalker com as calças na mão
Image

No lado dos Tyranids, o Carnifex assalta o wave serpent, que estava em flat out, causando um Immobilize nele, mas graças aos vectored engines ele consegue pousar e desembarcar as banshees, que assaltam o carnifex
Image

A banshee passa no teste de Leadership e finaliza o Carifex, enquanto isso os genestealers entram pelo flanco esquerdo, capturando um ponto.
Image

Enquanto isso, o war walker segura bravamente o flanco direito, por 2 rounds, até ser destruido.
Image

No centro o hive tyrant é finalizado, finalizando o jogo. Sobrou na mesa 1 squad de dire avengers controlando o ponto central, 1 squad de guardians com 2 modelos, o farseer e um warlock, o wave serpent imobilizado e uma banshee exarch. Do outro lado sobrou 2 squads de genestelaers, um deles capturando o ponto.

A batalha terminou empatada.
http://vamosvernopanoverde.blogspot.com/

"Devlan Mud é talento liquido" -4irw4lk3r
"Warhammer is a way of life" -Chines copião.
User avatar
voidbr
Veteran Sergeant
 
Posts: 958
Joined: 27 Jul 2009, 20:08
Location: Sobradinho-RS

Re: Mirella - Tamit II.

Postby MarcoVasco » 24 Feb 2011, 01:12

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogadores “ORDEM”: Marco Vasco e Geraldo (Eldars)
Jogadores “DESORDEM”: Lodi e Adriano (Tyranids e Orcs)
Número de pontos da Partida:1500 cada jogador = 6000 pontos ao todo
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: ORDEM – Marco e Geraldo
Battle Mission: Infestation

Prólogo:
O vidente Eldar olhava a paisagem com certa melancolia. Três dias chovendo esporos Tyranids realmente alteraram o que era antes uma bela cidade. Pelo menos tão bela quanto cidades humanas podem ser, pensava ele. Um barulho do porta tira o vidente de sua meditação, revelando um guardião arfante, como se as notícias que traz fossem realmente novidade.
Guardião: - Senhor!(pausa para pegar ar) A nave trazendo o Avatar e reforços acabou de pousar.
Vidente: Todas as tropas devem vir para a região sudeste da cidade e os colonos devem embarcar nas naves imediatamente.
Guardião: Aqui? (demostrando clara surpresa). Mas não tem nada aqui.
O vidente apenas olha fundo nos olhos do guardião, que rapidamente se encolhe de vergonha ao questionar os poderes proféticos do vidente. Este toma um longo suspiro e fala.
Vidente: Dentre poucas horas esse será o túmulo de diversos irmãos. Mas não temas, se conseguirmos proteger o perímetro da cidade até a chegada de reforços, a vitória será nossa.

Battle report
Obs: Algumas proxys foram utilizadas. como guardiões para Dire Avengers, Dark Reapers para Fire Dragons e Carnifex para tervigon.
Numa aliança incomum, grupos Orks e Tyranids se reúnem para atacar uma cidade sendo evacuado pelos Eldars. Embora os objetivos dos Tyranids fossem muito claros, foi uma certa surpresa, mesmo para os Eldars acostumados com o comportamento louco das raças inferiores, descobrir que os Orks estavam atacando porque desejavam mudar o nome “efeminado” do planeta de Mirella para “Orka Tunga”.

Devido à influências no warp pelas criaturas Tyranids, o vidente conseguiu perceber o confronto nas teias do destino apenas algumas horas antes do ataque. Por causa disso, a batalha teve que iniciar com apenas uma fração do contingente eldar. Rapidamente o vidente posicionou as tropas no subúrbio da cidade, evitando assim o envolvimento dos colonos.

Image

No deploy, as forças inimigas se posicionam em volta da cidade para um ataque fulminate. Podia-se sentir no ar o desejo de sangue dos atacantes.

Image
Image

Um pequeno grupo Eldar se posicionou na precária proteção das ruínas, esperando o assalto.

Image

Na primeira fase, os atacantes investem rapidamente contra os defensores.

Image
Image

Devido a distância e a cobertura das ruinas a maior parte dos defensores fica livre dos tiros, entretanto uma unidade de guardiões é rapidamente massacrada. Um wraithlord cai em combate vítima de diversos tiros inimigo.

Image

As unidades Eldars rapidamente se posicionam para bloquear as entradas da cidade e contra atacar. Enquanto as demais tropas utilizam suas armas de longo alcance para tentar conter a turba de assaltantes.

Image
Image
Image
Image

As manobras tem efeito limitado mas significativo. Uma unidade Genestealers é dizimada pela tempestade de shurikens dos Dire Avengers.

Image

Fire dragons (aqui representados por dark reapers) aproveitam o tumulto causado pelo massacre dos genestealers e vaporizam um Zoantrope. Outra unidade de Fire dragons fere seriamente um Tervigom. Um wraithlord quase massacra uma unidade Ork com seus dois lança chamas. Os tanques e pathfinders aproveitam e descarregam seus canhões sobre a avalanche ork. Mesmo com as perdas contanto em dezenas, os atacantes continuam a se aproximar.

Image

A avalanche ork/tyranid avança sobre as três unidades de Fire dragons, destruindo-os rapidamente.

Image
Image

A batalha toma um rumo caótico enquanto a infantaria e os tanques eldars se esforçam para conter a manada ork/tyranid.

Image

Os harlequins e tanques se sacrificam para manter as barreiras e defender o perímetro da cidade, com pouco sucesso, sendo necessário táticas de fuga para salvar o pequeno grupo remanescente do massacre.

Image

Com a chegada de reforços e a diminuição da massa selvagem de hostis a batalha começa a tomar um rumo favorável para os Eldars, apesar das severas baixas.

Image
Image

Dezenas de Dire Avengers atirando com toda a fúria, tempestades místicas conjuradas por Eldrad Ulthuan e poderosos tiros de fire prisms conseguem finalmente romper a onda de assaltos inimigos nos últimos momentos da batalha. Mas o um custo alto em tropas aliadas.
Ao final do combate (4º turno por falta de tempo dos participantes), sem muita esperança de invadir a cidade, as tropas inimigas se retiram.
Apesar de não ter terminado o combate, os eldars tinham feito mais "Kill points" e estavam com uma situação favorável em relação aos atacantes, sendo dada a vitória para o lado Eldar.

Grande abraço
Boardgames: War of the Rings 2º, Carcassone + exp., Civilization + exp., 7 wonders + exp., Dominion + Intrigue + Fairy Tale, Bonhansa, Family Business, Rumikub, Dixit + exp. Thicket to Ride Europe + exp.
User avatar
MarcoVasco
Sergeant
 
Posts: 483
Joined: 10 Jun 2010, 17:36
Location: Curitiba

Re: Mirella - Tamit II.

Postby Lodi » 25 Feb 2011, 23:55

BR – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: duendeverde (Ultramarines)
Jogador “CHAOS”: Lodi (Tyranids)
Número de pontos da Partida: 1500
Frente de Batalha: Mirella
Vencedor: Empate


O soar do Thunderhawk cortou o silencio da unidade de pesquisa abaixo, agora abandonada e largada aos vis alienígenas que empesteavam Mirella, enquato a voz do comandante responsável pelo destacamento da 6ª companhia dos Ultramarines no sistema era transmitida pelo canal de Vox.

- Estejam preparados, irmãos. Logo vocês serão posicionados dentro da área onde nossos sistemas detectaram mais um ninho Tyranid. Espalham-se e esperem um ataque por todos os flancos. E lembrem-se devido às anomalias estelares nossos sistemas de comunicação estão apresentando falhas. Não queremos arriscar vidas em vão, por isso vocês terão poucas horas até a extração. Façam bom uso deste tempo. The Emperor protects!

- Capitão, estamos sobrevoando a área de posicionamento. Disse o piloto do Thunderhawk.

Image

- Afirmativo, preparar para implantar.

Assim o mariners se posicionam e esperam pelo inimigo...

- Xenos à vista! PURGE THE ALIEN!!!!!

E assim começa o combate...

Image

Image

Os Tyranids estão por todos os lados...

E atacam primeiro...

O Hive Guard atrás da pedra já sai arrancado um braço do Dreadnought.

Uma nuvem de Gárgulas vai pra cima dos Space Marines.

Image

Um Zoanthrope e mais um Hive Guard atacam o bunker defendido por um Tactical Squad e um Scout Squad, deixando seus ocupantes abalados.

Image

Enquanto a onda de Termagants metralha o Bike Squad destruindo 2 bikes.

Um Tervigon desova uma unidade novinha de Termas...

Image

... E ataca!

Mas a vez do Marines chega e eles respondem...

O Land Raider gira e desembarca uma unidade de Terminators em cima das Gárgulas...

Image

E logo se direciona para atirar no Zoanthrope...

Image

As Gárgulas, já reduzidas por tiros a metade da força inicial, são assaltadas pelos Terminators...

Image

E assim as moscas são mortas a marteladas...

...Mas levam um Terminator junto!

Image

Visão aérea do campo após o 1º turno:

Image

No turno dos nids o Tervigon cria mais Termas, porém esgota suas reservas de ovos.

Uma unidade de Termagants com devourers limpa o Scout Quad de cima do bunker, mostrando que às vezes quantidade é melhor que qualidade.

O Zoanthrope atira no Land Raider, deixando-o apenas atordoado.

Enquanto isso os Mariners agüentam chuvas e salvos de Termas e Biovores, dando a oportunidade do terrível Hive Tyrant se aproximar...

Os Ultramarines respondem com tiros, no entanto sem causar grandes baixas.

O Land Raider revida no Zoanthrope usando seu twin-linked assault cannon, mas o campo de força dele é mais resistente.

Visão tática dos Ultramarines:

Image

E a dúvida cruel: Em quem bater primeiro?!

E eles decidem começar pelo mais importante...

Image

Atacando os Biovores que estavam ocupando o banheiro!

E com essa vitória os Marines se sentem mais aliviados...

Image

No 3º turno chegam as reservas dos nids: Genestealers!

Image

Mas os Ultramarines também teleportam mais uma unidade de Terminators para seu auxílio: FOR THE EMPEROR!!!!!

Image

Eles matam vários nids mais eles parecem sem números...

Image

Mais uma vista geral do campo, durante o 3º turno:

Image

Um momento de tensão e então gritando KILL THEM ALL!!!!! o Terminator restante e o Dreadnought avançam para o combate!

Image

Engajando o Tervigon.

Image

No turno 4 depois de muita peleja o Zoanthrope finalmente consegue o resultado que queria: EXPLODE!!!!!!

Image

As últimas Gárgulas (as minis são hormagaunts, mas representam Gárgulas) de uma sengunda unidade corajosamente atacam os Terminators recém-chegados...

Image

Porém como era de se esperar morrem se causar nenhum estrago...

Perto dali os Genestealers atacam o buker debaixo de muitos tiros de bolter...

Image

Mas o bunker é resistente e não cederá facilmente.

Do outro lado do campo o Hive Tyrant assalta o Dreadnought, junto aos seus Tyrant Guards...

Image

E os Termagants ao redor são convocados para o combate, engolfando o último Terminator...

Image

Mas o valoroso Dread agüenta a horda inteira, e apenas com suas pernas, pois os 2 braços já foram pras cucuias!

O jogo está no meio do turno 4 e ambas as forças parecem estar equilibradas...

Os Ultramarines seguram 3 objetivos:

Image

Image

Image

E os Tyranids seguram 2:

Image

Image

Mas seus números parecem potencias para uma vitória...

Nesse momento os Ultramarines escutam uma estática e depois a voz de seu comandante:

- Atenção todos os Marines seu tempo acabou, preparar para extração de emergência!

- Mas senhor, nós temos o maior controle do campo, com um pouco mais de tempo podemos resistir e quebrar a linha de batalha! Iremos purgar os alienígenas e dominar o campo.

- Este é o problema sargento, não dispomos de mais tempo, desengajem-se do combate e preparem-se para a extração! Não deixaremos que mais das nossas sagradas gene-seeds sejam consumidas por estas criaturas!

- Afirmativo senhor.

Tão logo o comandante desligou o sargento já estava gritando:

- Recuar! Recuar! Preparar para extração de emergência!

O sinal foi ouvido por todos e os Ultramarines bateram em retirada matando ainda alguns alienígenas. O Thunderhawk fez um pouso rápido e aqueles que tinha sobrevivido embarcaram para voltar à base. Lamentando a morte de seus irmãos, eles queriam vingança, mas sabiam que essa luta ficaria para outro dia...

E lá embaixo na terra os Tyranids continuavam a se alimentar, mas também tinham sofrido pesadas baixas, e perdido alguns recursos, e não poderia se dizer exatamente que tinham vencido batalha...
Boardmaster - Tropas Polares Curitiba
User avatar
Lodi
Astartes
 
Posts: 263
Joined: 15 Sep 2010, 20:35

Re: Mirella - Tamit II.

Postby voidbr » 01 Mar 2011, 02:31

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Vitor "voidbr"
Jogador “DESORDEM”: Ricieri "R15"
Número de pontos da Partida:1000
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: “DESORDEM”: Ricieri "R15"

OS batedores Alaitoc que se encontram em Mirella descobriram que, nos destroços de um Aquila lander, se encontra uma amostra de uma substancia capaz de eliminar a infestação Tyranid no planeta: o poderoso Baygonium!

Os eldar em terra comunica ao esquadrao em órbita da localização dos destroços, e um grupo pousa e iniciam a remoção da caixa com a amostra da substancia, quando são atacados de surpresa pelos Tyranids.

Image

Se iniciam as trocas de tiros, que por enquanto só vem dos eldar.
Image

E o Tervigon começa a fazer o estrago...
Image

São muitos deles!!!!!
Image

Péssima hora para aparecer...
Image

Bladestorm e RoundRouse Kick vao dar conta disso
Image

As baratas se deram mal... Deepstrike aprovado por Airwalker
Image

E a bixarada segue pra pegar um alvo mais "macio"
Image

E a banshee segue pra terminar o cascudo maldito
Image

E o campo de batalha é dos Tyranids, o Farseer da a ordem de retirada.
Image

Image

Com isso, os Eldar perdem a chance de eliminar os Tyranids desse setor, a substancia Baygonium vai ser absorvida pelos monstros e será inócua para eles.
Last edited by voidbr on 01 Mar 2011, 20:03, edited 1 time in total.
http://vamosvernopanoverde.blogspot.com/

"Devlan Mud é talento liquido" -4irw4lk3r
"Warhammer is a way of life" -Chines copião.
User avatar
voidbr
Veteran Sergeant
 
Posts: 958
Joined: 27 Jul 2009, 20:08
Location: Sobradinho-RS

Re: Mirella - Tamit II.

Postby 4irw4lk3r » 01 Mar 2011, 03:08

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: 4irw4lk3r (Deathwing)
Jogador “DESORDEM”: Ricieri "R15" (Nids)
Número de pontos da Partida:1000
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: “DESORDEM”: Ricieri "R15"

Depois eu coloco direitinho o BR.
Brushes n' Paints
"Que a sombra da vingança caia sobre meus inimigos!" - Sombras de Caliban
User avatar
4irw4lk3r
Veteran Astartes
 
Posts: 313
Joined: 23 Mar 2010, 13:45
Location: Porto Alegre - RS

Re: Mirella - Tamit II.

Postby voidbr » 01 Apr 2011, 22:41

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: voidbr (Eldar)
Jogador “DESORDEM”: phantasma (Orks)
Número de pontos da Partida:1500
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: “DESORDEM”: pahntasma (Orks)


Os Eldar localizaram a entrada da antiga capital de Tamit II. A magnifica cidade de Athlan-tis.

O Conselho Seer iniciou a sequencia de runas que ativam os wayportals que levam ao nucleo da cidade.

Após explorarem o setor leste da cidade, o grupo encontra algumas maquinas de guerra eldar milenares, que, com um pouco de reparo voltaram ao funcionamento.

Os Dire avengers caídos eram voluntarios para continuarem lutando no pós-vida. Suas soul stones foram colocadas dentro das novas maquinas, incluindo um antigo tanque. Nessa altura, qualquer ajuda é sempre bem vinda.

Durante a exploração, os eldar detectam um grupo ork se deslocando em direção ao portal. Os reforços são chamados e a batalha se inicia.

As tropas se encontram. Os orks contam com muitos veículos saqueados.
Image

Rangers tomam posição no alto de uma antiga torre.
Image

Os Eldar avançam sem descanso, despejando uma chuva de tiros.
Image

O Mecboy é cauterizado com um tiro de laser, e o Warboss busca cobertura nas ruinas.
Image

Os Eldar continuam avançando, acreditando na vitoria eminente.
Image

Entao os reforços Orks chegam, os barulhentos deffcoptas chegam pregando o caos.
Image

Juntamente com um Ork Trukk que estava em cobertura nas proximidades. As hordas Orks destroem os flancos eldar, deixando o caminho aberto para o Warboss avançar sobre o Conselho Seer.
Image

O fogo pesado do War Walker não é capaz de parar o Warboss
Image

O Conselho Seer cai, e as hordas remanescentes avançam sobre os Rangers na torre, que recuam do campo para poupar suas vidas.
Image
http://vamosvernopanoverde.blogspot.com/

"Devlan Mud é talento liquido" -4irw4lk3r
"Warhammer is a way of life" -Chines copião.
User avatar
voidbr
Veteran Sergeant
 
Posts: 958
Joined: 27 Jul 2009, 20:08
Location: Sobradinho-RS

Re: Mirella - Tamit II.

Postby Gereth » 22 Aug 2011, 15:01

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Ton "Redlynks" (Blood Angels)
Jogador “DESORDEM”: Valter "Ualter" (TAU)
Número de pontos da Partida:1850
Frente de Batalha: MIRELLA
Vencedor: “ORDEM” - Ton "Redlynks" (Blood Angels)


Planeta Mirella.
Povoado abandonado ao sul de "las estrelas".

Image

O amanhecer de um novo dia no planeta sitiado revelou um avanço dos TAU sobre o povoado abandonado. Já haviam se passado meses desde o inicio da ofensiva TAU sobre Tamit-zaa e, até agora, os alienigenas ainda não haviam conseguido consolidar uma posição no sistema. Desde que sua incursão inicial fora frustrada pela súbita aparição da legião dos amaldiçoados os TAU passaram a lançar mão de táticas de guerrilha contra seus oponentes.

Neste dia os aliens ocuparam a posição nordeste do campo de batalha.

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Os Blood Angels capitaneados pelo Irmão Capitão Manus, sob ordens diretas do comandante Dante, inseriram suas forças no campo de batalha diametralmente oposto àquele ocupado pelos TAU.

Image

Image

Image

Image

Image

Image

Após os Blood Angels terem se inserido no campo de batalhas os TAU lançaram mão de uma de suas táticas e inseriram no campo de batalha um time de stealth suits.

Image

Image

A situação antes do inicio da batalha:

Image

Os TAU iniciaram as hostilidades movimentando suas crisis suit para obter melhores linhas de tiro. As stealth suits também se movimentaram já anunciando seu intento de neutralidar o predator dos Blood Angels. Kroots também haviam se infiltrado no campo de batalha.

Image

Image

Image

Image

Image

Na fase de tiro o Devilsish abriu fogo sobre o esquadrao tático blood angel. A saraivadada descomunal que se abateu sobre os Blood Angels fez pouco estrago sobre a infantaria mas o predator fora imobilizado pelo time stealth e o Storm Raven abatido pelo fogo das railguns montadas nos hammerheads. Um dos land speeders também fora imobilizado.

Image

Após os tiros o time stealth se movimenta na fase de assalto e recua.

Image

Os Blood angels então iniciaram sua movimentação em direção às linhas inimigas porém sofreram de imediato um revés. O Land Raider, ao tentar cruzar um dos inúmeros organismos tyranids que se espalham pelo planeta, teve suas lagartas derretidas por bio-ácido e ficou imobilizado pelo restante da partida. Sem opção restou às tropas embarcadas descer e caminhar em direção ao inimigo.

Image

Image

Image

No lado oeste o esquadrão tático avançou em direção ao TAU que haviam se deslocado no turno anterior.

Image

Na fase de tiro os Blood angels conseguiram algum sucesso abatendo um devilfish e causando algumas baixas entre as crisis suit do inimigo. Na fase de assalto o Dreadnought LIbrarian e o esquadrão de assalto acompanhado de um capelão atacaram e destruiram o time stealth consolidando em direção aos kroot que agora ocupavam o bunker no lado leste do campo de batalha.

Image

Image

No turno seguinte os TAU continuaram a acossar os blood angels com seu poder de fogo. algumas tropas foram desembarcadas com o intuito de maximizar o poder de fogo contra os blood angels. Os TAU continuaram a infligir baixas.

Um time de fire warriors se prepara para alvejar o dreadnought:

Image

Os Kroot entocados alvejam o esquadrão de assalto:

Image

Avanço TAU:

Image

Na fase de assalto os kroot deixam a segurança do bunker e avançam contra os Blood Angels. Eles elminam todos os marines de assalto com exceção do capelão que desmoralizado foge em direção de seus aliados. Os kroot remanescentes consolidan para dentro do bunker.

Image

Image

No turno seguinte os Blood Angels continuam seu avanço com um tático e um land speeder pelo flanco oeste. NO flanco direito o Capitão Manus e a Death Company negaram ao inimigo linha de visão ao ocultarem-se atrás dos destroços de um veículo (ao mesmo tempo que avançavam em direção aos Kroot).

Image

Image

O capelão reagrupou e desde logo revelou seu intento:

Image

Ele avançou em direção aos aliens que haviam eliminado sua unidade e assaltou-os. dizimando a todos.

Image

Image

O Dreadnought Librarian lançou mãos de seus poderes psiquicos uma vez mais e com as asas de sanguinius avançou sobre os fire warriors que o haviam alvejado no turno anterior.

Image

Image

No próximo turno os TAU do flanco oeste alvejaram impiedosamente o esquadrão tático abatendo a todos menos o sargento. Outro Land Speeder foi abatido. O Devilfish do qual havia desembarcado a unidade de fire warriors em combate com o dreadnought se reposicionou e abateu o capelão. Na fase de assalto o dreadnough concluiu os trabalhos com os fire warriors.

Image

Image

Image

Image

Image

As hostilidades cessaram quando os TAU, tendo sofrido baixas e perda de equipamento em número superior ao inimigo (Killpoints), optaram por retirar-se do campo de batalha. Os Blood Angels, vitoriosos mas debilitados ao final do combate, optaram em consolidar a posição.
User avatar
Gereth
The Painting Frog
 
Posts: 2151
Joined: 25 Jul 2009, 22:33
Location: Cuiabá - Mato Grosso

Next

Return to Campanha nacional Warhammer 40.000.

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron