Incudem - Tamit V.

"Os últimos dias de Tamitzaa"!

Incudem - Tamit V.

Postby Gereth » 03 Dec 2010, 12:58

Incudem, "A Bigorna"

Nome: Incudem (Kappa Digamma II - T)

Segmentum: Segmentum Tempestus

Setor: Loki

Sub-setor: Hagnarok

Sistema: Tamit-Zaa

População: 3.230.671.708 (exatos)

Afiliação: Mechanicum

Classe: Forge World

Geologia: Planeta Rochoso, diversas cadeias de Montanhas dividem os extensos planaltos. Oceanos deliberadamente drenados, gerando falhas geológicas profundas, exceto no Mar de Mercúrio, cuja composição é auto-explicativa. Demais localidades classificadas como desértos estéreis compostos de cinzas (Pallidus).

Ecologia: Flora e Fauna nativas deliberadamente exterminadas.

Economia: Todo o planeta é um Manufactorum gigantesco. Incudem é conhecido por produzir desde ligas metálicas em suas enormes Fundições Gherad, peças de múltipla aplicação, centro de informação do Sistema, linhas desenvolvidas de produção armamentista variado, inclusive tecnologia plasmática, armas super-pesadas, e astronaves nas Docas Orbitais Oppel. Exportações todas indiscretamente controladas pelo Adeptus Mechanicus, e protegidas pela Frota Imperial.

Principais Cidades: A Megalópole Alcides Mons (HTX-1) é a capital planetária, englobando outras três Hives satélites Taurus Fossae (HTX-2), Sierra Ormalica (HTX-3) e Plasmatown (HT/UT). A Megalópole, além de atravessar toda a Penísula Continental Gamma, se expande por toda a crosta planetária no polo sul planetário, é uma Fortaleza inexpugnável. Demais localidades classificadas ou de importancia negligenciável.

Política: Como todo Forge World, Incudem está sob as mãos biônicas e frias do Adeptus Mechanicus, sendo a presença de fato imperial muito tímida em suas largas avenidas, repletas de servos trabalhando incessantemente. Existe, porém, um grande problema de jurisdição nos protocolos de acesso ao planeta entre a Hierarquia do Mechanicum governante e o Administratum baseado em Nimbus, entre outras questões menores, que geram tensão sempre crescente entre o Governador Planetário responsável pelo Sistema, e os semi-independentes tech-priests.

O Fabricator-General de Incudem é Archmagos Veneratus Automatus III Monomachus, reconhecidamente anti-imperial. Frio, calculista, Automatus é, segundo seus acessores, 92% artificial. Ao contrário de muitos membros do Mechanicum, o Fabricator-General de Incudem não se importa com sua aparência inumana, mas deleita-se ao encarar os esgares repulsivos de outras autoridades. Rumores mencionam seu nome como o ordenador das insurreições frequentes em Marmoria, chegando ao ponto de prisioneiros reclamarem que Incudem de fato patrocinou com armas diversas esses levantes contra a autoridade Imperial. Monomachus é um mestre da Divisio Cybernetica, e como tal é protegido por manípulas de robôs especializados. Mensagens interceptadas, mas corrompidas, alegam que Monomachus manteve contato com um poderio apenas chamado de IV Legião, sem mais informações disponíveis.

Curiosamente, toda tentativa da Inquisição de investigar o Forge World foi encerrada antes mesmo de seus representantes aterrissarem em Incudem.

• Incudem, e seus sacerdotes são separatistas ferrenhos. Boa parte do Mechanicum no Segmentum inteiro prefere distinguir o Imperador do Deus Máquina - e mesmo do Omnissiah. Forças Imperiais tem dificuldades ao interagir com o planeta.;

• Diversos escândalos de corrupção tem sido abafados em Incudem. Os clérigos do Deus Máquina temem que o Archmagos Veneratus responsável pelo planeta esteja enfim sofrendo de senilidade, em seus discursos e sermões cada vez mais frequentemente critica o Administratum e 'seu dedo carnudo', segundo suas próprias palavras, ao tentar influir em Incudem.

Força Militar: Presença pesada. Incudem, embora pequeno, mantém uma força de Skitarii sempre pronta para combate de no mínimo 1.500.000 tech-guardas lobotomizados, distribuídos em três Legio Skitarii - Lambda I, Lambda II e Lambda III. "A Bigorna", como é chamado pelos imperiais, também conta com um pequeno destacamento da Legio Metallica, representante honorária da Collegia Titanica. Mas mais importante, como centro de produção, Incudem também conta com 200 Coortes da Legio Cybernetica, os esquadrões de soldados robóticos produzidos no próprio planeta.

Exatamente metade da Frota Imperial protege o planeta. O próprio Almirante Kiraj, o mais graduado capitão e comandante-em-chefe da Frota Zaa, está sempre presente. Incudem também conta com 3 estações orbitais de defesa, uma delas anexa ao complexo de Docas Orbitais Oppel.

Pontos de Interesse:

• Basílica da Gloriosa Engrenagem, maior centro de culto no planeta, é também aonde as funções administrativas são executadas. Seu complexo incluí as construções mais altas e antigas de Alcides Mons, e o Palácio do Servo Obsequioso, residência de governo do Fabricator General.

• A Fossa é um grandioso complexo de defesa citadina, uma linha de muralhas de ferrocreto manejadas por servitors, que serpenteia por toda Alcides Mons, mantendo os servos lobotomizados do Mechanicum em seu trabalho escravo em condições desumanas.

• A Graxa, por sua vez, são os diversos galpões e micro-hives aonde trabalham e recargam os servos do Deus Máquina. Essas indústrias seguem até o horizonte, aonde as abandonadas muralhas externas da Fossa corroem-se perante o avanço do Pallidus.

• Pallidus, o deserto de cinza, é uma desolação vazia aonde todos os dejetos materiais e não-recicláveis são cerimoniosamente arremessados pelas criaturas robóticas do Mechanicum. Pilhas de entulho e lixo acumulado desaparecem sob uma camada de meio metro de ferrugem e cinza dos Manufactoruns cuja produção jamais para.
User avatar
Gereth
The Painting Frog
 
Posts: 2151
Joined: 25 Jul 2009, 22:33
Location: Cuiabá - Mato Grosso

Re: Incudem - Tamit V.

Postby IronLich » 14 Jan 2011, 02:32

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Carlyle “Caco”
Jogador “DESORDEM”: Lucca “IronLich”.
Número de pontos da Partida: 1500
Frente de Batalha: INCUDEM
Vencedor: DESORDEM – Lucca “IronLich”.


PALLIDUS - Cerca de 200 quilômetros ao norte de Taurus Fossae.

"1º Mistério: Vida é Movimento Direcionado."

Image

O Pallidus. O grande deserto de cinza oxidada, rubro tal qual os uniformes dos hypaspists que agora marchavam para o norte, era uma vastíssima extensão do mais vazio... nada. Longe das linhas do Monotrilho, não haviam assentamentos permanentes naquele deserto aonde nada brota, nada vive, exceto os mais teimosos Nômades das Cinzas e os mais desesperados criminosos. Longe dos assentamentos que parasitavam o Monotrilho, pouquíssimos grupos vagavam o deserto. Alguns em busca de peças, nos muitos ferros-velhos abandonados, aonde todo refugo industrial das Hives e seus Manufactoruns produziam era cerimoniosamente descartado. Outros, tentando bravamente - ou tolamente - cortar caminho entre as linhas do Monotrilho de assentamento em assentamento.
Image

As únicas criaturas que habitavam o Pallidus exceto pelos próprios Nômades eram... foram humanas. Os servitors descartados por seus mestres, devido a defeitos irreparáveis ou custosos, ou ainda se seus sistemas fossem ultrapassados, eram abandonados á própria sorte na vastidão solitária, vagando até seus reservatórios de energia se consumissem.

Era por isso que ninguém ia ao Pallidus. Era por isso que era fácil rastrear alguém no Pallidus, aonde toda e qualquer energia reluzia aos radares como um farol no mar aberto, como uma tocha solitária na noite.

E era por isso que o próprio Fabricator-General de Incudem, o Archmagos Veneratus em pessoa... ou em sarcófago, viera ao Pallidus.

E não viera só.

***

"Eles virão.", dissera o Rune Priest, "Eles virão."

"Não virão. Estamos no mais absoluto nada, Venerável Ka'Krull.", respondera o Wolf Guard.

"Eu sinto o movimento deles e seus lacaios cibernéticos, Fraj. Eles já estão em movimento, e logo estarão aqui."

Ka'Krull, o Conquistador, estava preocupado. O Rune Priest lera as Runas, e de acordo com seus movimentos, o próprio Russ dissera que a batalha seria custosa. E pior. Ka'Krull lera que aqui, sua existência tal qual como a conhecia iria mudar. O Rune Priest liderava uma Alcatéia que conseguira infiltrar o perímetro atmosférico enquanto a frota Space Wolf combatia as pesadas naves dos Iron Warriors, e os mantinham ocupados para essa ação. Não apenas explorar - estabelecer uma cabeça de ponte no planeta. Os pilares de energia estavam posicionados incrivelmente longe das Hives - fora o local escolhido pelas runas, e assim, Ka'Krull não tivera dúvidas.

"Que venham então.", interrompera um dos Grey Hunters de Fraj, "Os Filhos de Russ estarão prontos para esses covardes que escondem-se em suas torres altas, atrás de monstros de aço e carne e escravos miseráveis..."

Os companheiros de Fraj riram, enquanto o próprio Wolf Guard sorrira.

"Que seja feito trabalho de Russ, que seja defendida a soberania do Imperador. Pelo Imperador."

"PELO IMPERADOR!"

***

Mas que tipo de tolos eles pensavam que iriam enfrentar? Esconder-se aonde não há energia e lá ligar seus motores pesados a diesel? Os sensores gritavam como almas perdidas.

Archmagos Prime Adepto Seleucus ria consigo mesmo enquanto observava os altos pilares na distância. Chamados de 'Agulhas Brancas', os dois monolitos eram armazéns de energia para os desesperados do deserto, captores de energia solar e baterias para os que vagavam no local - os Nômades.
Image

Seleucus observava suas tropas tomarem posição. Sua figura era, mesmo entre o Mechanicum, uma das mais bizarras. Alto tal qual um Astartes, quatro braços saíam de sua Servo-Matriz às suas costas, enquanto o longo bico de sua máscara escondia o que sobrava de humano em sua face. Seleucus era 'apenas' 76% modificado, comparado a seu senhor, ainda estava longe de atingir aquela comunhão com o Deus-Máquina.
Image

A Legio Lambda I, seus skitarii, estavam prontos. A ordem fora enviada - Monomachus marcha. Adiante, a Companhia dos Space Wolves, Astartes tão cegos em sua devoção como primitivos em seu combate, eram uma travestia perante o Omnissiah. Seus equipamentos mal-cuidados eram uma afronta. Sua destruição eminente era mais do que justificável.
Image

Um rugido surgiu dentre os hypaspists. Todo soldado, aumentados por cirurgias de repressão emocional, gritara em unissono.

"SEMPER MECHANICUS!"

E então, avançaram.

***

Os motores dos Rhinos rugiam.

Três Rhinos, e um Razorback no flanco, avançaram através das dunas. Lá estavam eles. Um número muito maior de hereges e rebeldes do que Ka'Krull imaginara, mas mesmo assim seria um combate interessante. Nem O Conquistador nem seus Irmãos Lobos haviam enfrentado as forças armadas do Adeptus Mechanicus antes, mas devido ao Briefing ainda em órbita, não deveriam ser mais competentes do que os pelotões de Stormtroopers da Guarda Imperial.

Uivando, os guerreiros dos Space Wolves rezavam uma vez mais ao Imperador e a Leman Russ, o Grande Lobo.

"Guerreiros!", o Wolf Guard Erik excitava seus homens, "por Russ! Por Russ, e pelo Imperador, nós vamos limpar o deserto com o sangue e o óleo que corre nas veias e cabos daqueles vermes enferrujados!"

***

Image
O Archmagos Veneratus invocara um presente inexperado para os Space Wolves.

Um grupo de Electro-Priests, os famosos clérigos da Ordo Luminem, saltaram trazendo energia a seus dedos. Em uma corrida, encostaram no Rhino a sua frente - e com seus ataques sobre-carregados, fritaram todos os motores do veículo - mas logo foram sobrepujados pela tripulação. Em selvagem abandono, as chainswords reduziram os Luminem em poeria sanquenta cheirando a ozônio.

Image

***

Image
Os Long Fangs mantiveram-se em uma troca de tiros com a bateria Rapier, uma relíquia de eras anteriores a Grande Cruzada. Que pecado! Que insanidade, atirar contra tal sacrário d'Omnissiah!

Image
Image

***

Image
Image
"E assim, marchamos ao combate...", murmurava Adepto Hecaton, folheando um antigo tomo.

"Engajamos os inimigos do Deus Máquina.", respondera Automatus, de seu sarcófago.

Marchando a frente da linha da Auxilia, Automatus cuidadosamente usava seus braços mecânicos para abrir um buraco do tamanho de uma Terminator Armour no Razorback.

Image
"E assim, destruímos as heresias contra o Omnissiah", continuou recitando Hecaton,

"E assim, dividimos o que fora unido."

Image
Um hypaspist solitário encara o Rune Priest.

Image
Mas não só! Com ele avança a Auxilia Praetoriana!


***

Image
No outro flanco da batalha, a Coorte da Legio Cybernetica chove tiros de plasma e fragmentos de mísseis sobre os Lobos, que correm às coberturas perante a pesada chuva anti-pessoal.

Image
Mas os temerários Grey Hunter avançam perante a torrente de fogo, despejando suas próprias saraivadas de bolts na Manípula Hypaspist 'Alfa'.

Image
"Derrubem-nos! Continuem atirando, seus pedaços enferrujados de microondas! Continuem! Pelo Omnissiah!" - Tribuno 'Alfa'

Image
"Por Russ! Acabem com eles!" - Wolf Guard Erik

Image
Só que o nível de fogo combinado com a Legio Cybernetica é mais do que o suficiente para inutilizar os Lobos em combate.

Image
Mortos e carcassas de veículos cobrem o campo.

Image
"Avanti! Rápido, ele pode voltar!" - Adepto Seleucus, perante o Ka'Krull, o Conquistador.

Image
Ka'Krull está só. Os tiros concentrados em seu esquadrão levaram a todos. Fraj está com Russ agora. E os malditos skitarii não param de atirar. Pela benção do Imperador, ele corre. Leva tiros de plasma, mas sobrevive. Leva tiros de Rapier, mas sobrevive. Bendita Runic Armour.

Image
Se Ka'Krull engajar e sobreviver por 2 turnos, forçará um empate...

Image
Mas um 1 ao rolar seu save contra um servo-arm é sua perdição.

***

"Seu maldito rebelde, herege!" brada Ka'Krull. O Rune Priest está só, perante uma aberração, e seus lacaios.

Adepto Seleucus é uma das criaturas mais exóticas que o Conquistador já avistara em toda sua vida de serviço ao Imperador. Por Ele, como o Imperium tolera tais deviações?

"Você é o herege por aqui, bárbaro tolo! És tu que atenta contra o Deus-Máquina!"

"POR RUSS E PELO IMPERADOR!"

Seleucus é tão alto quanto Ka'Krull, mas o Marine é mais rápido. Ainda que os braços de sua Servo-Matriz lhe dessem a vantagem da força, é a velocidade que dá a iniciativa ao Lobo. Com um golpe rápido de seu Rune Axe, o Rune Priest aparta um dos braços de Seleucus. O Adepto mal pode rebater o segundo ataque, com seu próprio Power Axe, devido ao choque e a surpresa. O terceiro tem mais sorte - e penetra fundo no flanco da armadura rubra, queimando os robes do Archmagos.

O Adepto sente a queimação que é a destruição de seus circuitos internos. O Rune Axe comeu pelos seus rins artificiais - mais alguns centímetros, e a lâmina atingirá sua coluna. Seleucus não pensa em contra-atacar - só pode... rebater novamente.

Ka'Krull está enfim cansado. E Seleucus então ataca. O Rune Priest é bom, é rápido, mas os braços e armas de Seleucus são muitos - e o pior acerca. Ao baixar a guarda para rebater o Power Axe de Seleucus, Ka'Krull só sente tarde demais o aperto fatal do servo arm em seu braço esquerdo. E um outro em sua coxa direita.

Um puxão.

E o Rune Priest se desfaz em pedaços de carne, tripas e sangue. Uma explosão cobre Seleucus.

Automatus gostará disso...

***

Image

Vitória para Incudem, e a 'Monomachia' inicia-se bem!
Image
Image
User avatar
IronLich
Captain
 
Posts: 2134
Joined: 29 Jul 2009, 18:53
Location: Campo Largo - PR

Re: Incudem - Tamit V.

Postby Montagna » 30 Jan 2011, 00:33

Battle Report – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Leonardo “Montagna”
Jogador “DESORDEM”: Alex
Número de pontos da Partida: 1000
Frente de Batalha: INCUDEM
Vencedor: DESORDEM – Alex


A ala médica estava interditada, os sargentos Amoc e Bikiel estavam de guarda na porta. Nenhuma pessoa poderia entrar sem a autorização de um membro da tríplice. Eles haviam sido os primeiros a pousarem em Tamit V. Suas esquadras as primeiras da Angelus a pisarem no planeta atendiam um chamado de socorro de uma unidade de infiltração.

Os primeiros a presenciarem o massacre dos seus irmãos...

Dentro da ala médica o Priest preparava o batedor para o interrogatório, fora o único sobrevivente encontrado. Vivia somente pela força de vontade, pois pouco restava do seu corpo. As marcas da corrupção já presentes. O horror do warp marcando sua carne.

Ele não possui mais muito tempo de vida, e infelizmente ainda passaria por uma dura provação.
O Codicer entrou na ala médica e encaminhou-se rapidamente para a única maca ocupada. Sem muitos rodeios dirigiu-se ao Priest:

"Ele esta pronto?"

"O máximo que vai conseguir estar." - respondeu Marcus.

Sem cerimônias, enquanto ativava seus amortecedores psíquicos o Codicer ficou cara a cara com o moribundo, seus olhos mostravam que ele não mais procurava pelo material, e com uma voz gutural ele ordenou:

"Mostre-me o que viu irmão."

As imagens vieram como uma enxurrada de informações, mas o Codicer era treinado para isso, e ele pode ver me primeira mão como seus irmãos foram massacrados em Tamit V.

"A força de reconhecimento havia sido designada para investigar os arredores de uma antiga fabrica abandonada do Mechanicum. Haviam recebido fortes indicações de que as forças do chaos estavam naquela região.

Um jovem librarian liderava a força, acompanhado das jovens esquadras de assalto Zeta e Gama e do priest Alanel. Todos saltariam do Thunderhawk quando os batedores da esquadra Dust localizassem os alvos. Escondido próximo fora deixado o tanque Predator do modelo Baal chamado "Fogo da Purificação".

Os batedores identificaram os alvos escondidos de um velho galpão. Astartes traidores, sem indicação de qual Legião eram. Dois rhinos confirmados, possivelmente armaduras do tipo obliterator dando suportes. O sinal foi dado.

As esquadras de assalto acompanhadas do librarian e do priest pousaram próximo aos alvos, o Baal percorria a toda a velocidade pela lateral dos prédios tentando encurralar as forças do chaos.

Foi somente quando chegaram mais próximos que os marines viram que os traidores não estavam sozinhos. A realidade se curvou e abriu um buraco de onde saiu um campeão do chaos, um demônio alado carregando adereços do maldito deus da matança e carnificina, Khorne.

O assalto falhara, os tiros das meltas não foram capazes de avariar os rhinos, os snipers do Dust tentavam inutilmente ferir os oblierators, sendo que somente com um tiro de missil conseguiram derrubar um deles.

O contra ataque dos traidores foi fulminante de um dos rhinos desceram astartes de armadura vermelha, cobertos de sangue seco, seus olhos repletos de fúria, Khorne Berzekers lideraram o assalto contra a esquadra Zeta, na qual estava juntos o librarian e o priest.

E para completar do outro rhino desceram marines com armaduras imundas, cobertos de vermes, exalando o odor dos mortos, plague marines, malditos servos de Nurgle que também se uniram na carga contra a esquadra Zeta.

A esquadra Gama foi quem encarou o pior, os dois obliterators sobreviventes e o demônio cargaram eles.

O combate foi alucinantemente rápido, os batedores sabiam que não podiam atirar sem acertar seus irmãos, e tiveram que assistir a carnificina enquanto aguardavam a oportunidade de atirarem.

A batalha da esquadra gama foi rápida, conseguiram derrubar um dos oblits, mas foram dizimados pela fúria do servo de Khorne.

Já o combate da esquadra gama foi um exemplo de resistência, conseguiram eliminar a metade das duas esquadras de traidores antes de encararem o fim. O ultimo a cair fora o librarian, porem levou com ele mais três traidores.

O Baal chegou atrasado na batalha, sendo que quando chegou a distancia de descarregar seus tanques de Promethium as duas esquadras já jaziam mortas no campo de batalha. O obliterator sobrevivente foi o primeiro a cargar o Baal, contudo, nem seus tiros nem seus ataques foram capazes de penetrar na armadura do tanque.

Em uma ultima carga, a tripulação do "Fogo da Purificação" se aproximou dos hereges e liberaram fogo total, os Berzekers caíram todos diante da fúria do tanque. E distraído pelo Baal os batedores conseguiram derrubar o último obliterator.

Os plague marines deram a carga final que fez com que os tanques de Promethium explodissem destruindo completamente o tanque.

Os batedores ao verem aquilo decidiram não recuar, enviaram um ultimo aviso ao Thunderhawk informando da confirmação das forças do chaos e que todas as unidades estavam mortas.

E passaram a concentrar todo o fogo na besta de Khorne que voava enlouquecida em sua direção. o cheiro pútrido do demônio e a fúria de sangue foram as ultimas coisas que o batedor se lembra."

O Codicer se afastou do corpo morto do batedor. A podridão de Nurgle começando a sair de dentro dele. Enquanto se afastava o priest se aproximava do corpo com sua pistola lança-chamas. Somente o sagrado fogo do imperador poderia limpar aquela podridão. E assim foi.

O corpo ardia em chamas quando os servidores foram liberados para entrar a ala media, com ordens de somente impedir que o fogo se alastrasse, mas permitir que o corpo queimasse até o fim.

"E então Lleon, como foi?" Perguntou Marcus enquanto apagava a chama piloto da pistola.

"Foi um erro tático enviá-los, um erro que não cometeremos novamente. Avise Don, os outros capítulos podem ficar para proteger o setor, nossa missão continua simples, temos uma caçada para realizar, e aparentemente nosso alvo esta aqui..."
User avatar
Montagna
Veteran Sergeant
 
Posts: 1088
Joined: 16 Oct 2009, 20:55
Location: Canoas, RS

Re: Incudem - Tamit V.

Postby alex » 07 Jun 2011, 11:13

Pontos: 1500
Desordem: Alex - Chaos
Ordem: Bitten - Space Wolfs
VENCEDOR: Desordem

DEPLOY DOS WOLFS:
Image
Image
Image

DEPLOY DO CAOS
Image


"O obliterator se posiciona deparando-se com uma oportunista unidade de scouts que tenta aproximação. Sem exitar, dispara um tiro de plasma Cannon, eliminando a ameaça em sua quase totalidade.
O rhino transporte dos korne bersekers avança confiante para o meio do campo de batalha enquanto o rhino transporte dos plague mantêm a posição para garantir a proteção do objetivo.
O land raider avança no campo de batalha, disparando contra a unidade de termies de Logan, amaciando o adversário para o assalto eminente.
O demon Prince avança sobre a Wolf guard, e com seu poder desloca a unidade para uma situação mais confortável, distante o suficiente para arquitetar o assalto perfeito.
O adversário reage, concentrando muito fogo do dreadnought e dos longfangs no rhino de korne, que não resiste a investida e é neutralizado em pleno campo de batalha.
Em seguida os Korne que desembarcam são alvo de uma saraivada de tiros de duas unidades táticas que protegem o objetivo adversário. Baixas não podem ser evitadas.
Terminators de Logan caminham confiantes no campo de batalha, se aproximando do Land Raider amaldiçoado que lhes infligiu baixas.
A Wolf Guard retorna sua marcha confiante que conseguira purgar o mal do Prince.
Os obliterators se posicionam e começam a atirar com suas armas pesadas no Dreadnought. Impressionantemente elas pareceram ser completamente inofensivas, em nenhum momento conseguindo perfurar a dura carapaça do Walker.
O Prince, utilizando-se de suas artimanhas, força a Wolf guard a avançar mais proximo de suas garras, somente para assaltalas e dilacerar alguns de seus membros. A guarda responde em peso, enfraquecendo o Prince, mas não o suficiente para aplacar sua irá.
O Land raider se posiciona para enfrentar Logan e sua guarda. Ele atira suas poderosas armas, deixando somente Logan e um fiel companheiro. As tropas de terminators do chaos desembarca e assalta o já enfraquecido Logan. A luta é pesada e quando a fumaça abaixa, o Chaos ganhou a luta, mas por poucos momentos, pois segundos após o Wolf Lord companheiro de Logan assalta o resto da enfraquecida tropa do chaos, que então perece aos seus poderosos ataques.
No outro flanco os Berzerkers se movimentam e se preparam para para o assalto, O Obliterator mais próximo ignora o que sobrou dos Scouts e amacia o alvo para os Berzerkers. Assim que a o tiro cai, os Berzerkers se preparam para correr, somente para perceber que estão longe de mais para sua carga. Aproveitando o momento de hesitação, os Berzerkers são perfurados por 2 Grey Hunters Packs e o dreadnought. Sobrando então, somente 4 solitários sobraram. Estes 4 berzerkers assaltam finalmente, simplesmente pulverizando um Pack inteiro!
Durante este momento, o Prince finaliza completamente a Wolf Guard e voa ao ataque dos Grey Hunters situados no topo de umas ruinas, onde o combate se torna mais sangrento, banhando as ruinas com sangue, sangue dos lobos.
O Land raider se prepara para mirar no Wolf Lord, quando inesperadamente ele é assaltado e seus trilhos são permanente desabilitados.
Neste momento, um grande barulho ressoa no céu. Um Drop Pod desçe fumegando e cai ao lado do Obliterator, errando o Rhino por alguns centimetros!
De dentro do Pod sai um pequeno punhado de Blood Claws que disparam suas pistolas inefetivamente contra o Obliterator.
De dentro do Rhino, sairam alguns Plagues Marines, que avançam sem perceber o perigo, contra os Bloods.
Neste momento os Grey Hunter nas ruinas já viraram picadinhos. Igualmente aos Bezerkers e aos Scouts.
Os deuses negros começam a ficar felizes com o sangue derramado...
Ao perceber sua ineficiencia em trespassar a couraça do land raider, o Wolf Lord procurando glória, se vira para o Prince que ri de sua desgraça.
Apoiado pelo Dreadnought, começa o embate épico entre o Prince, o Lord e o Walker.
Enquanto a isso os Plaques lutam contra os Bloods, a luta parece ir a favor dos plagues, mas impressionantemente, a teimosia dos bloods parece manter-los vivos como por algum milagre.
No outro lado do campo de batalha, os obliterators explodem o resto das tropas taticas dos Lobos.
O tempo está acabando, assim como o animo das tropas.
Com poucas opções, os Obliteradores ficam a observar as lutas que ainda se desenrolam no campo de batalha.
O Prince parece estar levando a melhor, pois após vários golpes ele consegue penetrar na armadura do Dreadnought, destruindo o Marine que ali residia. Os plagues parecem ter finalmente ter quebrado a vontade de luta dos Bloods, ao pulverizar o último deles.
Enquanto os Plagues se mexem rapidamente em direção ao seu objetivo de campo o Prince olha para o Lord, Observa o campo a sua volta e diz.
“Os deuses estão felizes! A carnificina está completa! – Ele olha para o Lord diretamente – E você será a cereja no bolo! Muahahaha!!!”
Os plagues defendem o Selo do Chaos, que treme ao receber seus seguidores por perto, e começa a se abrir, deixando o Warp escapar...
O Prince, levanta sua espada e ataca o já debilitado lord, que com um grito berra...
“FENRIS!!!” E corre para enfrentar seu destino.
Assim acaba a luta do dia, as forças do Chaos estão debilitadas, mas ainda assim, vitoriosas."
Atenta-te viajor – todas as lápides murmuram- e contempla a última jornada da vida.
Image
User avatar
alex
Sergeant
 
Posts: 492
Joined: 28 Jul 2009, 13:56
Location: Porto Alegre

Re: Incudem - Tamit V.

Postby chervano » 20 Jun 2011, 17:23

BR – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”:Chervano
Jogador “CHAOS”:IronLich
Número de pontos da Partida: 1500
Frente de Batalha: INCUDEM
Vencedor: IronLich


Nesse jogo foi usado o cenário Black Crusade do suplemento Battle Missions

Relatório Militar da 4423ª Força Expedicionária de Cadia.
Planeta de Incursão: Incudem
Segmentum: Segmentum Tempestus
Setor: Loki
Sub-setor: Hagnarok
Sistema: Tamit-Zaa
Local: Área militar nas proximidades da A Fossa.

Para garantir a presença soberana do Imperium no planeta citado, a 4423ª Força Expedicionária de Cadia estabelece um posto avançado nas proximidades do setor Militar denominado A Fossa. Esse posto avançado tem a finalidade de conseguir maiores informações para uma futura incursão em massa.

Dia +1 As forças imperiais conseguem desembarcar os equipamentos e forças militares adicionais e começam a montar o posto avançado em uma região desabitada.
Dia +2 As comunicações com a frota no espaço começam a ser interrompidas por ruídos e estática.
Dia +3 A frota interrompe o desembarque de equipamentos e tropas até que a comunicação seja restabelecida completamente.
Dia +4 Postos de Observação avançados relatam movimentação de Equipamentos Hostis vindo do complexo Militar de A Fossa.
Dia +5 Postos avançados de Observação recebem a ordem de abandono após terem confronto com alguns droids remotos de observação. Todos as forças militares devem se concentrar nas proximidades da Base avançada
Dia +6 Comandante Imperial em terra prepara as forçar militares para uma possível resistência.
Dia+7 Equipamentos Hostis dos IronWarrios são vistos nas proximidades, força de resistência é enviada para interceptação.
Combate com forças inimigas é iniciado:
Image

Chimera Shirat III é destruído em combate, Esquadrão Veterano "" sobrevivente consegue explodir 1 Rhino dos inimigos. Chimera Shirat I com o esquadrão de comando conseguem deliberar mais dores aos sobreviventes do Rhino
Chimera Shirat II não consegue incapaciatar outro Rhino pois está encoberto por fumaça.
Lemman Russ Executioner e Manticore não fazem danos consideravéis ao inimigo.

Image

Reservas do Imperium chegam a mesa: 3 Sentinelas / 2 de Valkirias/ 1 Esquadrão vetereano /1 Banewolf
Chimera Shirat I explode e sobreviventes continuam na batalha
Chimera Shirat II é incapacitado e esquadrão abandona veículo e efetua retirada tática.
Sentinelas e esquadrões sobreviventes conseguem matar o 1º Demon Prince.
Lemman Russ Executiner tem a sua arma principal incapacitada
Valkirias trazem muita dor ao esquadrão inimigo proximo ao Chimera incapacitado

Image

2 Sentinelas ficam incapacitadas pelos tiros dos Obliterator ao fundo
Lemman Russ Executiner explode pelo assaulto dos inimigos
1 Valkirie é incapacitada a outra desembarga o seu pelotão.
1 Novo Demon Prince chega a batalha e outros esquadrões são enviados a batalha.

Image

Forças do Imperium resistindo aos Demon Prince e os soldados do inimigo. :twisted:
Image
Image

Ultima resistência antes de ordenada a Retirada emergência do comando Terrestre. :cry:
Image

Frota do império continua em orbita aguardando novas ordens do Admistratum :roll:
Ohh Holy Emperor!!! Protect´s my lovely money from the Chaos hand...
Image
User avatar
chervano
Veteran Astartes
 
Posts: 286
Joined: 26 Jul 2009, 23:46
Location: CWB-BRAZIL

Re: Incudem - Tamit V.

Postby IronLich » 31 Oct 2011, 03:43

BR – Os Últimos dias de Tamitza.
Jogador “ORDEM”: Leandro 'Chervano' - 4423ª Força Expedicionária de Cadia; Imperial Guard.
Jogador “DESORDEM”: Lucca 'IronLich' - Legio Skitarii Lambda III 'Bigórnica'; Cult Mechanicus.
Número de pontos da Partida: 1500
Frente de Batalha: INCUDEM
Vencedor: IronLich


Jogo utilizando o cenário Trench Warfare do suplemento Battle Missions.

A Fossa
Muralhas Externas de Alcides Mons
O Pallidus ao Sudoeste de Plasmatown [HT/UT]

Que maldição o levara até aqui?

Os eixos delicados de seu Myrmidon eram constantemente fustigados pelos ventos ácidos do Pallidus, cujos sopros venenosos corroíam tudo em todos os subúrbios de Plasmatown. A Hive-Manufactorum havia conhecido poucos combates desde a extensão do complexo de muralhas d'A Fossa há décadas, apenas presenciando embates entre gangues de Underhivers, e pouco mais. E aqui estava Phokos.

O piloto marchava a Assalt Engine através das pilhas de cinza avermelhada, a poeira afundando entre as pernas do veículo quadrúpede; os sistemas primitivos do Myrmidon jamais questionando se avançar contra o Deserto de Cinza seria uma boa idéia. Mas essa era a Ordem, que sussuros nas redes, emitidos nos roucos bináricos da Lingua-Technis diziam que viera do Vox-Caster do próprio Fabricator-General. E então, Phokos avançava com seu antigo maquinário entre o vendaval cáustico. Logo em frente, ele deveria encontrar-se com os Hypaspists entrincheirados, e auxiliá-los perante a nova ofensiva Imperial. Há pouco tempo, Phokos ultrapassara uma Coorte inteira da Legio Cybernetica - os Robos de Automatus haviam sido enviados à Plasmatown também...

Aparentemente, o Almirante Kiraj - que o Deus-Máquina processe seus Ossos! - havia habilmente atacado as Docas Orbitais Oppel; enfrentado a atraído a Frota do Mechanicum e abrindo um novo furo na rede de defesa do Forge World. E os Imperiais tomaram rápido proveito da brecha, novamente enviando um Regimento da Guarda Imperial para terra. Os Tech-Priests resmungavam que o objetivo de uma poderosa força de ataque era a própria Plasmatown - capturando a menor Hive em volta de Alcides Mons, poderiam então limitar o acesso de armas de plasma ao Mechanicum, e assim debilitar as Legiones Skitarii que muito se baseavam em Plasma. Se Plasmatown caísse...todas as outras Hives estariam em perigo - inclusive a capital planetária, Alcides Mons.

Resmungando uma antiga canção marciana, Man Machine, Phokos continuou seu avanço - desejando apenas não chegar tarde demais para ajudar os surdos infantes. O Vox-Caster havia acabado de berrar. Uma bateria de Rapier Laser Destroyers havia abatido um Aquila Lander imperial, antes que o mesmo metralhasse as posições dos Skitarii... a velocidade era essencial.

***

Entrincheirados, os Skitarii aguardam a iniciativa da Guarda Imperial. A tempestade de ventos corrosivos varre todo o Pallidus, suas colinas mudando de lugar em minutos enquanto os soldados modificados aguardam. Um grupo dos Electro-Priests corre através dos ventos, rugindo suas preçes - descargas elétricas cruzando as cinzas, enquanto um grupo de Lacaios avançam; Um pequeno assentamento de cabanas de barro cozido esconde-se nas colinas...

Image

Surgem os Imperiais, avançando furiosamente. Seus soldados urram por seu Imperador, e seus tanques causam baixas entre os Skitarii. Os Basiliscos chovem bombardeios terríveis entre os soldados do Mechanicum; diversos regimentos ainda estão marchando vindos de Plasmatown; Chegarão à tempo de impedir o cerco cadiano à Hive?

Os Skitarrii não temem nada - seus cérebros foram modificados com supressores emocionais. Nada os desalojará de seus buracos. Mas a Força Cadiana vem em peso - diversas Chimeras, escoltadas por Leman Russ vários disparam contra os servos do Deus-Máquina. Um par de Vendetta Gunships sobrevoam o campo, disparando contra alvos específicos e destruíndo aparelhagem de combate. Mas avançam os reforços do Mechanicum, derrubando tanque atrás de tanque, aeronave atrás de aeronave...

Image
Image

Monstruosos Ogryns da Auxilia Praetoriana avançam, disparando seus bolters pesados e autocannons. Sua precisão metódica esfacela um esquadrão de soldados imperiais - mas mais avançam. As manípulas Skitarii estão se desmanchando contra as barragens Imperiais. Onde estão os Robôs de Seleucus? Sem eles, a batalha será perdida!!! Os Imperiais irão chegar à Taurus Fossae!!!

Image
Image

Enfim chegam a Coorte da Cybernetica, abrindo caminho entre os tanques Imperiais à socos e tapas robóticos. Porém, são de pouco efeito. Chegaram muito tarde. Mas não sozinhos. Um esquadrão de Protectors, uma elite de guarda-costas entre o Mechanicum, avança disparando terríveis meltaguns e portanto os power-staves pelos quais são famosos. Ao atacarem um esquadrão de soldados Imperiais, abrem caminho entre eles com seus golpes precisos e econômicos.

Image
Image
Image

Imperiais Solitários tentam manter sua posição avançada entre as dunas. Seus companheiros jazem chamuscados no chão, a poeira cobrindo seus corpos com velocidade alarmante. O General Le'Andro, comandante Imperial, já não vê a face de seus homens soterrados pelos ventos. Poucos remanescentes das linhas dos Skitarii guardam um depósito de combustível, protegendo-o das ávidas mãos imperiais.

Image
Image

E a vanguarda Imperial é derrotada. O General Le'Andro prepara-se para extração - sua própria Chimera foi abatida pelo raio de conversão disparado na distância por um walker ainda desconhecido. Seus tanques arruinados são carcassas fumegantes no deserto do Pallidus. Um bom número de Skitarii foram destruídos, mas a intervenção tardia dos Protectors e da Legio Cybernetica salvam Plasmatown do avanço Imperial. É hora da retirada Cadiana. Hinos em celebração ao Deus-Máquina irão ecoar pelas avenidas de toda Alcides Mons;

***

Ora, que ...

O Myrmidon enguiçou. Que maravilha. Aquela maldita Vendetta. A nave havia partido uma dar pernas do walker, desestabilizando o veículo, e Phokos sabia que se forçasse os controles... a Máquina iria capotar, e em questão de minutos seria engolida pelas cinzas rubras. Diabos... o que fazer? O Raio Conversor ainda podia atirar - e fritar os poucos soldados imperiais que chagavam próximo o suficiente para assustar Phokos. Mas ainda assim, o piloto beijava seu Protectivum toda a vez que ouvia o som da Rapier.

Fora aquela bateria, montada no topo de uma pilha estável de refugo industrial, que abatera a Vendetta antes que ela mandasse Phokos para o além. Embora os Lascannons da nave fossem terríveis, não comparavam-se com o Rapier - seu irmão mais robusto. Uma outra Vendetta sobrevoara o local, e mais de uma vez explosões silenciaram a Artilharia... antes que aquele sortudo do Enginseer conseguisse fazer a Bateria funcionar de novo.

E mais uma Vendetta caía ao solo... logo tragada pelos ventos.
Image
Image
User avatar
IronLich
Captain
 
Posts: 2134
Joined: 29 Jul 2009, 18:53
Location: Campo Largo - PR


Return to Campanha nacional Warhammer 40.000.

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron