Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Espaço para relatórios de suas batalhas.

Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Postby IronLich » 22 Jul 2015, 15:47

Olá amigos!

Essa batalha ocorreu já há um mês, mas só agora consegui relaxar um pouco mais e escrever esse Battle Report entre os momentos de escrita 'séria' para a publicação de meus artigos!

Nela, não apenas estreamos os cenários pintados pelo Mateus para o Clube Tropas Polares, assim como também foi o primeiro jogo em que usei meus Warriors of Abrakân - os haradrim trajando azul e roxo. O esquema funcionou muito bem - evitei a maior parte em preto pois pretendo também usar roxo-azul-preto em meus Corsairs of Umbar. É uma combinação que funcionou melhor do que eu esperava. Pintar esses haradrim foi uma experiência muito bacana.

A partida em si também foi um cenário bem interessante que criamos a partir de alguns sugeridos pela própria GW. Na interpretação da GW, Harad é pontilhada por cidades arruinadas - entre elas, Kârna. Uma vez assento do antigo Serpent Lord - Mardât - nessa cidade o culto a Sauron fora poderoso, mas os sacerdotes do Olho Rubro exigiam sacrifícios em sangue. Conhecendo os horrores que lá se passavam, Gondor preparou uma grande campanha na qual não apenas desbaratou os haradrim, como também destruiu a cidade e os cultos que nela prosperavam.

Image

Kârna fora esquecida, a rica cidade devorada pelo deserto uma vez abandonada. Apenas os Watchers of Kârna ainda vagam pelas ruínas - não para proteger os segredos dos tesouros da cidade, mas sim para manter os espíritos inquitos dos Dîmlokhi aprisionados nela, protegendo as tribos dos haradrim dessas almas perdidas.

Nessa batalha, as ruínas ocasionalmente gerariam alguns Dîmlokhi, que agiriam contra os modelos mais próximos. Em partidas de três jogadores, o terceiro controlaria apenas os espíritos inquietos. 6 ruínas, numeradas de 1 a 6. Todo turno, rolava-se o dado até que houvessem no máximo dois Dîmlokhi na mesa, mas apenas poderiam surgir a mais de 3'' de outro modelo, próximo ao centro das ruínas. Se não fosse possível, seria deslocado para outra ruína aonde pudesse ser colocado de acordo com essa restrição. Também não poderiam se mover a 6'' da fogueira central, a luz afastando as criaturas da noite. Utilizamos também as regras de batalhas noturnas como sugerido no Il Met by the Moonlight - no livro Legions of Middle-Earth. As regras da escuridão, no entanto, também não funcionariam a 6'' da fogueira.

A partida também seria jogada como um cenário de Hold Ground! - aonde os warbands entram na mesa pelas bordas 'sorteadas' por rolagem de dados.

***

Kârna, amaldiçoada e cheia de mistérios.

Mesmo assim, a cidade ainda é para os haradrim um ponto de referencia poderoso. Nas proximidades das ruínas, começava a se reunir a grande Serpent Host - e os primeiros a montar campo nas proximidades de Kârna foram os guerreiros da cidade dos mercadores, Abrakhân, muito próxima as Ruínas de Kârna.

Sabendo dessa reunião no deserto, os Elfos preparam não apenas uma excursão para limpar Kârna dos espíritos que lá vagam, mas também dispersas os haradrim antes que a Serpent Host pudesse marchar ao norte em nova campanha contra Gondor. Ambos exércitos notam a movimentação do outro - mas Kârna é um local maldito, e uma forte tempestade de areia sopra pelas ruínas contra ambos exércitos, que se dividem em diversos warbands menores ao vagarem pelas dunas.

Image
Kârna, arruinada, e o acampamento dos guerreiros haradrim.

Image
Os primeiros a voltarem às ruínas são os guerreiros de Abrakhân, incentivados pelo chicote de um taskmaster.

Image
Os elfos tem a sorte de marcharem juntos e se encontrarem rapidamente logo antes de adentrarem as ruínas.

Image
Sûladan cavalgara com seus Serpent Riders contra os Elfos, mas a tempestade impedira qualquer choque. Encontrou-se distante dos demais haradrim, e rapidamente cavalgou para seu encontro, ainda que a distância não favorece-se seus guerreiros.

Image
Os murmúrios do vento são breves, mas os dos Dîmlokhi surgem na escuridão da noite.

Image
Image
Os cascos dos cavaleiros são ouvidos mesmo antes dos mesmos surgirem à visão.

Image
Todos marcham adentrando a cidade, em direção à fogueira que treme solitária.

Image
O primeiro Dîmlokhi a surgir ataca os haradrim! Porém, o mesmo é rapidamente banido ao ser atacado pelos bravos guerreiros de Abrakhân, sua coragem comprada com promessas de ouro.

Image
O avanço élfico é cauteloso - e suas linhas se aproximam. A diminuição dos disparos de seus arcos poderosos certamente influenciou o curso do confronto.

Image
Image
Sûladan lidera os Serpent Riders contra o flanco e a retaguarda élfica; contando com o ímpeto de seus cavaleiros para atropelar os guerreiros imortais.

Image
O choque é terrível, e enfim flechas zunem entre os haradrim e os elfos.

Image
Ambos sofrem mortalmente com as flechas lançadas da escuridão. Soldados mal-preparados são abatidos.

Image
Os haradrim gradualmente tem maior sucesso contra os elfos, os números dos inimigos pesando na pressão contra os imortais.

Image
O Golden King of Abrakhân contempla seus guerreiros e os lucros que obtivera nessa batalha com o saque dos corpos élficos e os favores de Sûladan. Vasculhariam as ruínas de novo por novos tesouros, uma vez que os Dîmlokhi haviam sido vencidos assim como os elfos.

Vitória aos Haradrim!
Image
Image
User avatar
IronLich
Captain
 
Posts: 2134
Joined: 29 Jul 2009, 18:53
Location: Campo Largo - PR

Re: Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Postby Hugo » 27 Jul 2015, 21:48

Bacana a mesa e as minis

O report brilhante como sempre
User avatar
Hugo
Astartes
 
Posts: 250
Joined: 08 Oct 2011, 20:37

Re: Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Postby Patesi » 28 Jul 2015, 15:42

Excelente reporte e mesa muito bonita.

Como foi feita? Digo o tabuleiro.
LEGIONÁRIOS 40K
ADEPTO ASTARTES ULTRA
http://legionarios40k.com.br/
User avatar
Patesi
Noviate
 
Posts: 53
Joined: 19 Sep 2012, 16:07

Re: Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Postby IronLich » 30 Jul 2015, 20:11

Opa caras!

Então, a mesa é uma tábua de mdf nas dimensões padrão dos jogos da GW, 1.80 por 1.20. Coberta com terra orgânica que, uma vez seca, se pincelou um 'drybrush' no bege-areia. As peças de cenário são as Ruins of Middle-Earth e Ruins of Orgiliath, kits da GW montados sobre foam de bandeja de frios. Todos feitos pelo Mateus 'matgc' aqui do Tropas Polares, e presentes no clube.

As rochas empilhadas são isopor de alta densidade cortado, montado e pintado pelo Geraldo 'vovô orc'.

As tendas estilo 'yurt' do acampamento foram feitas por eu próprio. São blocos de isopor cortados em octógonos com fio-quente, usando palitos de churrasco pra fazer o perfil e firmar as linhas antes do corte. Aí foi escavada uma 'porta' direto no isopor, e nas arestas colados outros palitos. Cobri com papel reciclado rasgado em muitos pedaços e pincelados com cola branca diluída em água. Depois pintei com tinta spray bege, e aí drybrush de marrom, bege, e preto. As fogueiras eu também fiz, com pedaços de palito de dente quebrados e pintados. As chamas eram de bitz de Empire Flaggelants [tem uma mão carregando uma tocha acesa no sprue].

EDIT: As colinas são de espuma dessas de enchimento, de alta densidade. Foram pintadas e texturizadas, acho que com areia. Não lembro quem fez essas.
Image
Image
User avatar
IronLich
Captain
 
Posts: 2134
Joined: 29 Jul 2009, 18:53
Location: Campo Largo - PR

Re: Nas Ruínas de Kârna [LOTR]

Postby Draugor » 30 Jul 2015, 22:28

Está tudo fantástico. Parabéns!
Pax, Scientia et Labor

http:/loboseescudos.blogspot.com.br
User avatar
Draugor
Astartes
 
Posts: 212
Joined: 26 Aug 2010, 18:27
Location: Joinville


Return to Battle reports

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron